quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Megaprojeto imobiliário e empresarial junto ao RioMar

VALOR DE VENDAS DE R$ 900 MI

#VGV = R$900 mi

As unidades do Evolution deverão, nos próximos dois anos, gerar uma arrecadação de R$ 5 milhões em IPTU

Ancorado no maior shopping que Fortaleza terá, o RioMar, foi lançado ontem o Evolution Central Park. O empreendimento, fruto de negócios entre a cearense Otoch Empreendimentos e a pernambucana Moura Dubeux Engenharia, traz no projeto seis torres residenciais, duas comerciais e um hotel, as quais devem gerar em um Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 900 milhões.

Projeto traz seis torres residenciais, duas comerciais e um hotel. Complexo imobiliário totaliza 92 mil metros quadrados de área, com foco em classes com maior poder aquisitivo Fotos: divulgação

Localizado nas margens da Lagoa do Papicu, o complexo imobiliário de 92 mil metros quadrados de área tem como foco as classes mais altas, cujo poder aquisitivo propicia a união de moradia, trabalho, lazer e rede de serviços próximos uns dos outros. "Eu não conheço, no Nordeste, algo dessa magnitude e com o mesmo perfil", ressaltou o superintendente da Moura Dubeux para o Ceará e o Rio Grande do Norte, Fernando Amorim.

Só de IPTU, as unidades do Evolution deverão, nos próximos dois anos - prazo para a conclusão da construção -, gerar uma arrecadação para o município de R$ 5 milhões.

O sócio-diretor da Otoch Empreendimentos, Nelson Otoch, contou que possuía o terreno há dez anos e, só em 2009, resolveu empreender. Eles também deverão bancar parte das obras de melhoria do entorno (vias e lagoa) daquela área em parceria com o grupo JCPM - responsável pela construção do shopping -, segundo afirmou o sócio diretor da construtora pernambucana, Gustavo Dubeux.

União de moradia, trabalho, lazer e rede de serviços próximos é o fator apontado como preponderante no empreendimento

Primeiros lançamentos

Os três primeiros condomínios a serem lançados serão residenciais: Brooklin, Metropolitan e Broadway. Para os três, é previsto um VGV de R$ 300 milhões e as vendas devem começar em abril, segundo os diretores. Cada um deles possui três torres e perfil diferente, variando entre 55 m² e 190m². Os valores não foram revelados ainda. Para os outros três residenciais, a variedade de perfil permanece, chegando apartamentos de 368 m².

Já os dois prédios comerciais contam com salas de 26 m² e 560m². O hotel terá a bandeira Beach Class e será administrado em pool hoteleiro, ou seja, as 193 unidades poderão ser adquiridas e depois alugadas pelos futuros administradores.

Shopping como atrativo

Com investimento da ordem de R$ 600 milhões, o RioMar foi apenas o atrativo para a área estrategicamente pensado pelos diretores do consórcio entre a Moura Dubeux e a Otoch Empreendimentos. "Nós os convidamos para virem ao Ceará e ver a possibilidade de investir no terreno que tínhamos planejado construir o Evolution", revelou Fernando Amorim.

Com a confirmação da chegada do shopping no ano passado, Amorim contou que decidiram, então, planejar a divulgação do complexo deles com a proposta de unir moradia, trabalho, lazer e "ampla rede de serviços".

Parceria no RioMar Norte

Outra revelação de Amorim foi a continuação da parceria entre a Moura Dubeux e o grupo JCPM no RioMar Norte, o segundo shopping do grupo pernambucano em Fortaleza. De acordo com ele, a construtora ainda estuda qual tipo de edifício (residencial, comercial ou hotel) deve realizar no terreno em anexo ao shopping e não tem data prevista para a definição.

Já o RioMar Shopping receberá na próxima semana retorno da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma). Depois disso, deve, então, enviar o projeto completo acompanhado além de outros mais detalhados para ter o alvará de construção e licença ambiental.

Fonte: Diário do Nordeste - Negócios

Nenhum comentário:

Busca

Siga no Facebook