terça-feira, 25 de março de 2014

Convênios garantem 34 mil casas no CE

MINHA CASA, MINHA VIDA

A Caixa Econômica Federal (CEF) e o Governo do Estado assinam, amanhã, convênio para a construção de 22.721 mil unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida no Ceará. A CEF subsidiará R$ 120,4 milhões para as obras.



Segundo o secretário das Cidades, Carlo Ferrentini, até o final de abril será fechado contrato com o Banco do Brasil de cerca de R$ 68 milhões para o financiamento de mais 11.234 mil casas.

De imediato, a ordem de serviço permitirá a construção de 6.698 casas, nos municípios de Crateús, Canindé, Maranguape, Maracanaú e Fortaleza e a retomada das obras de 3.776 habitações em Caucaia. O prazo para o fim destas construções gira “em torno de dezoito meses”, avaliou o secretário.

Para o início das obras, Ferrentini disse que o prazo depende apenas da CEF. Com o dinheiro dos convênios, o Estado poderá completar até R$ 9 mil no valor de cada casa que ultrapassar o teto federal, disse Ferrentini. Os valores para as construções de casas estavam em torno de R$ 63 mil em Fortaleza e R$ 59 mil no interior.

Segundo André Montenegro, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará (Sinduscon), “essas quantias não eram mais suficientes para subsidiar as obras”. 

Nenhum comentário:

Busca

Siga no Facebook